Humor

 

Nela Vicente - touro

Sempre que preciso exteriorizar minhalma, Londres me vem à cabeça, mas eu nunca estive lá. Há um humor poético,  icônico, irônico, incômodo e, sobretudo, incômico nesta frase. Por que as comédias são sempre trágicas?! Eu respondo: porque residem no senso comum. É o que nos atrai a qualquer forma de humor, o senso comum. Aliás, é o que nos atrai a qualquer forma de discurso. E não me refiro ao senso comum que se vulgarizou nos becos do jornalismo circense, da política prolixa poliândrica ou na crítica católica calótica. Me refiro ao senso comum como forma de pensamento coletivo, compartilhado, distribuído, porém, escondido, guardado em nosso fosso de pensamentos proibidos. Quando um homem é capaz de exteriorizar este pensamento, está feito o humor da vida. Digo isso porque este humor a que me refiro é aquele que nos acorda, que nos bate à cara e nos mostra que estamos vivos. Por isso o chamamos Espirituoso. Este humor já esteve nos palcos, já esteve nos palanques. Hoje ele anda um pouco sumido, um pouco guardado de mais. Acredito que o humor está perdendo a sua poesia. O humor está cada vez mais trágico. E essa tragédia é toda nossa.

2 Respostas to “Humor”

  1. voltou das férias, que bom!

  2. Que bom mesmo!
    Estavasentindo falta de ler esse blog.
    Como vai, Gui?
    Abraços,

    Gustavo

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: